Bird of Passage, 2021
Escultura de parede composta por 38 pares de sapatos femininos lacados a branco sobre superfície de madeira
230 cm x 80 cm x 25 cm, 20 kg

“Bird of Passage”
fala da Mulher em transição. Da mulher que não se revê num estereotipo mas que contém em si todos os rótulos que entender, porque é independente e – sobretudo – livre.
Fala sobre a Mulher que se multiplica em “Eus”, se desdobra em personagens e com isso, reforça e revela a sua verdadeira identidade, foco e garra.
Para a exposição
Deux ou Trois Choses Que Je Sais d'Elle, na ZetGallery apresento um conjunto de obras,
numa espécie ode à Mulher que transforma a Terra em Ar, as palavras em actos e as vontades em feitos. A Mulher que pisa em solo firme, mas sonha alto.
A Mulher que divaga e procura novos voos, mais do que se deixa caminhar nos trilhos traçados por outrem.
São obras que falam da magia da auto-descoberta e da coragem de afirmação. Renovação, (r)evolução.


Back to Top